Messi doa respiradores a hospitais de Rosário

Messi pronto para receber Bolsa de Ouro

O capitão do Barcelona da Espanha e da seleção argentina de futebol, Lionel Messi, não esquece sua terra natal. A Fundação Leo Messi doa 50 respiradores a hospitais de Rosário. A informação foi dada por uma fonte próxima ao astro do futebol à agência oficial Télam.

“Na sexta-feira chegaram ao Aeroporto de Rosário os primeiros 32 dos 50 respiradores doados por ‘Leo’, que estão sendo homologados para entrega nos hospitais da cidade”, disse a fonte. A província de Santa Fé, onde fica Rosário, está em isolamento social preventiva e obrigatória devido à pandemia do coronavírus. Com isso, houve algum atraso na chega dos equipamentos.

“A chegada dos respiradores foi retardada pela situação gerada pela pandemia. Mas finalmente puderam ser enviados”, disse um porta-voz ligado ao jogador, que nasceu em Rosário, no bairro de La Bajada.

Os primeiros 32 respiradores artificiais, doados pela Fundação Messi, chegaram ao aeroporto das Ilhas Malvinas de Rosario em vôo privado.

Primeiros foram doados em maio

Mas Messi já havia feito uma doação de respiradores artificiais e outros instrumentos ao Hospital Garrahan, na cidade de Buenos Aires, no início de maio passado.

A instituição portenha os compartilhou com outros centros de saúde do país, como o Hospital Cullen, na cidade de Santa Fé, que recebeu sete respiradores, 10 bombas de infusão e dois monitores multiparâmetros.

A Fundação Leo Messi atua sobretudo com programas para a infância. Mas não se restringe à Argentina. Tem atuado com crianças na Síria, com doações de kits educacionais para as regiões de Hasakeh, Quneitra, Aleppo, Hama, Homs, Da’raa, Deir-ez-Zoir, Sweida e Damasco .

Acompanhe a Fundação Leo Messi no Twitter: https://twitter.com/fundacionmessi

Mais sobre a pandemia na Argentina: http://nuestraamerica.com.br/buenos-aires-em-nova-etapa-do-isolamento/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *